FONTE: Polícia Federal

A Polícia Federal, em ação conjunta com a Polícia Militar da Paraíba, deflagrou na quinta-feira, a operação “Rei da Lavagem”, com o objetivo de coletar elementos para a investigação dos crimes de lavagem de capitais e organização criminosa. A ação se concentra nas cidades de São Bento e Paulista, ambas localizadas na Paraíba, onde estão sendo cumpridos 8 mandados de busca e apreensão, além do sequestro de valores relacionados aos investigados.

As investigações apontaram para transações financeiras atípicas, totalizando mais de 230 milhões de reais em nome dos suspeitos, sem justificativa aparente para tal volume de valores. Os investigados, em sua maioria residentes em São Bento/PB, alegavam atuar no comércio de redes de dormir e mantas, no entanto, recebiam e movimentavam quantias significativas de dinheiro em suas contas, provenientes de empresas localizadas nos estados do Paraná, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Além disso, as empresas sob investigação têm como proprietários indivíduos previamente investigados por tráfico de drogas, armas e/ou lavagem de dinheiro. O grupo criminoso também se valia de contas de “laranjas” para recebimento de valores e remessa para empresas e pessoas físicas designadas pelo grupo.

A coleta de documentos realizada na operação visa não apenas a obtenção de mais provas sobre a atuação do grupo, mas também identificar outras pessoas envolvidas no esquema criminoso. O montante expressivo movimentado pelo grupo ressalta a importância do combate a essas práticas ilícitas, reforçando o compromisso das autoridades em desmantelar organizações que buscam se beneficiar de atividades ilícitas, como lavagem de dinheiro e organização criminosa.

FONTE: Polícia Federal

By rede33