Fonte: Vyacheslav Gladkov

Na segunda-feira, pelo menos nove pessoas ficaram feridas devido ao último ataque ucraniano à região fronteiriça de Belgorod, na Rússia, conforme informado pelo governador local. Durante o bombardeio, mais de 36 alvos aéreos foram interceptados pelas forças russas.

Um homem sofreu uma grave ferida no peito, enquanto suas filhas foram afetadas por uma onda de choque, conforme relatado pelo governador Vyacheslav Gladkov em um post no Telegram. Todos os feridos foram hospitalizados.

O ataque resultou em danos a várias casas, com janelas quebradas em oito prédios altos na cidade de Belgorod, e três casas menores também sofreram danos. Uma escola local e três veículos, um dos quais foi completamente queimado, foram danificados pelo ataque, disse o governador. Várias casas fora da cidade também precisam de reparos, de acordo com Gladkov.

O Ministério da Defesa da Rússia informou que derrubou 17 projéteis disparados por forças ucranianas de lançadores de foguetes múltiplos Vampire fornecidos pela República Tcheca durante o ataque de segunda-feira. No final do dia, os militares relataram a interceptação de outros 19 projéteis disparados pelo mesmo sistema. Os militares também interceptaram vários drones sobre a região de Belgorod.

Belgorod, juntamente com outras regiões russas que fazem fronteira com a Ucrânia, é frequentemente submetido a ataques de artilharia e drones por forças de Kiev. A situação aumentou no mês passado, quando as forças ucranianas tentaram repetidamente romper a fronteira, enquanto aumentavam os ataques de artilharia, mísseis e drones em Belgorod.

Os confrontos transfronteiriços entre a Rússia e a Ucrânia já se estendem por mais de uma semana.

Avatar de rede33

Fonte: RT

By rede33